quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

A Recoleta é mais perto do que você pensa...

Na nossa última viagem a Buenos Aires pegamos um mega trânsito do aeroporto até o centro. Quem conhece bem a vida na capital porteña, sabe que os taxistas dirigem muito mal!!! Vai pra lá, vai pra cá, corta a frente de um, corta a frente de outro, buzina, xinga e alguns ainda fazem voltas desnecessárias para chegar onde você quer. Dito e vivido isto, optamos por não pegar táxi durante os dias que por lá ficaríamos. Slow Travel total. Até porque, na oitava vez, já dá pra não fazer nada e mesmo assim curtir muito a cidade. Que, apesar da triste crise que por lá habita, ainda mora no meu coração. Adoro dar aquela fugidinha pra passar o final de semana. Ainda mais com o maridón. 







Dica preciosa: com o google maps, tudo fica mais fácil. Decidimos sair do hotel para "vagar" pela cidade, curtindo os prédios, os cafés, a vida dos habitantes... Estávamos no centro, e fomos a pé até San Telmo. Voltamos. Noutro dia, decidimos sair caminhando para o lado oposto. Olhamos o google maps, e para nossa surpresa, estávamos mais perto da Recoleta do que pensávamos. Então, resolvemos recoletiar. No caminho, passamos por ruazinhas que nunca havíamos passado. Acompanhamos um pouco a rotina dos moradores, que por vezes, passeavam com seus cachorros, ou estavam no café da esquina lendo jornal. Fotos, fotos e mais fotos de cada detalhe. Uma olhada no aplicativo, e segue o rumo. Em uns 25 minutos, chegamos atrás do cemitério da Recoleta, onde eu nunca tinha ido, e muito menos sabia que havia um shopping por lá. Ah, as vantagens de "flanar"...




Depois do passeio, hora de comer a melhor parrila de BsAs, a Peña! Colocamos o endereço no google maps e lá fomos nós. Pegamos a rua Rodríguez Peña e seguimos até a Parrilla. Foi aí que descobri a rua que gostaria de morar, caso um dia eu me mude pra lá. Uma rua tranquila, cheia de árvores e todo tipo de comercio. Supermercados, cafés, restaurantes hypes, parrillas centenárias e até escola! Realmente uma rua cheia de riqueza e tradição que talvez não desse tanta bola caso tivesse por ali passado dentro de um táxi.




Ou seja: não fique nas mãos dos taxistas! A Recoleta é mais perto do que você imagina... 

Nenhum comentário: