segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Domingo em Buenos Aires, tem que ter Petanque!

Já é tradição: domingo em Buenos Aires tem que ter aquela voltinha clássica por San Telmo, e almoço na Brasserie Petanque. O verdadeiro francês no meio da muvuca.



Logo após o primeiro "bonjour" dado pelo "magrinho" que recebe os clientes na porta, já somos recebidos com um delicioso e refrescante Kir. 


O dono do restaurante não é francês, e sim suíço. Pascal Meyer orquestra o restaurante, enquanto as mãos mágicas do chef francês, Sebastien Fouilade, fazem pratos como Ossubuco Parisien com risoto e açafrão. Uma delicia!! Já é a segunda vez que peço esse prato. Não resisto... Pode passar meses, e ainda sinto o gosto dele na minha memória... Hum... Mas, é claro, que tem muitas opções, o "prato dos pobres", como Pascal chama o Boeuf Bourguignon (um ensopado de carne nativa em todas as regiões da França). E outros clássicos populares como sopa de cebola, Steak Tartare (um prato feito com carne crua) e quiche Lorraine (uma torta de bacon, cebola e queijo). Entre as sobremesas, o preferido é o Cremé Burlee, feito com gemas de ovo, creme de leite fresco e uma camada de açúcar queimado. Como Pascal gosta de descrever "a simples comida francesa"...


Ossobuco Parisien 
Cremè Burlèe
O espírito parisiense que ainda mantém muitos dos edifícios de Buenos Aires, faz com que o Petanque seja uma grande descoberta para quem passa pelas esquinas da Defensa com México. 


Esse molho que vem junto com a entrada é divino...

Escolha seu vinho e desfrute vendo o movimento 




Defensa 596 (esq. México)
San Telmo
Buenos Aires- Argentina

info@brasseriepetanque.com



Nenhum comentário: