domingo, 10 de outubro de 2010

A pé, de bicicleta, de barco.... Ah, Paris! (parte III)

Conhecer Paris é uma aventura que garante momentos inesquecíveis...


Quando o assunto é Paris, a ideia que se tem é de uma cidade cara, carissíma. De fato, o turismo de luxo tem seu lugar na ciadade Luz. Porém, conhecê-la não precisa, necessariamente, ser uma tarefa das mais caras. São muitas opções de passeios na cidade. Dá pra visitar os principais pontos turísticos a pé. Aliás, essa foi a forma mais gostosa que eu usei para desbravar Paris. Nada mais agradável do que flanar pelos seus parques e jardins floridos, pelos bulevares e alamendas arbonizadas, ou mesmo ao longo do Rio Sena, desapressadamente, e observas as magníficas mansões e pontes, a beleza imponente das igrejas e templos religiosos, isso sem falar em seus muitos monumentos singulares.


Para quem deseja conhecer os encantos da cidade sob duas rodas, a dica é pegar uma bicicleta e partir tranquilamente pelas ruas da capital francesa. É muito legal. Considerando que Paris é razoavelmente plana, pedalar é um modo barato e tranquilo de circulação pela cidade. Desde 2007, Paris possui o chamado Velib, um sistema de auto-serviço para bicicletas que pode ser utilizado nos 371km de ciclovias da cidade. É possível encontrar estações de Velib por toda cidade.

Primeiro, é preciso adquirir, em uma das estações, um cartão de acesso, que custa 1 euro por dia e 5 euros por semana. Os primeiros 30 minutos são de gratuitos a cada vez que se utiliza o serviço, sendo que a primeira 1h30 adicional custa 1 euros; a segunda 1h30, 2 euros, e, para cada 30 minutos excedidos além deste prazo cobra-se o valor de 4 euros. O aluguel é feito exclusivamente por cartão de crédito, e o valor é debitado na devoluação da bicicleta, sendo que 150 euros (um débito pré-autorizado pelo usuário, como um chque-caução) serão retirados se a bicicleta não for devolvida em 24hs. Em 2009, o programa foi estendido para cerca de 30 comunidades ao redor da capital.


De barco pelos encantos do Sena.... É com certeza um programa muito agradável e romântico! Há várias companhias que dispõem uma gama variada de serviços: das mais caras, com luxuosas embarcações, cruzeiros privados e opções com refeições inclusas, até as mais em conta, com barcos mais simples e menores.

Nenhum comentário: