terça-feira, 19 de outubro de 2010

Covent Garden e Victoria Embankment Gardens (Londres parte III)

Um dos lugares que eu mais gostei de visitar (e passear) em Londres, foi o mercado de Covent Garden. Cheio de cafés ao ar livre, banquinhas com muitas frutas coloridas, artistas de rua, lojas sofisticadas (como a Apple mega store), bancas e lojinhas de artesanato e decoração, artistas espetaculares (como o japonês escultor, que eu mencionei no primeiro post de Londres), livrarias, restaurantes e mercadinhos que atraem muitos turistas. No centro disso tudo está a Piazza que em 1974 abrigou um mercado atacadista. Desde então, os lindos edifícios vitorianos do local e das ruas vizinhas transformaram-se em um dos bairros mais animados da cidade. Li sobre o local, e descobri que em tempos medievais, a área era ocupada pelo jardim de um convento que abastecia a Abadia de Westminster com produtos agrícolas. Por volta de 1630, Inigo Jones projetou a Piazza, então a primeira Praça de Londres. A Piazza foi encomendada como um empreendimento residencial pelo conde de Bedford, proprietário de uma das mansões da Strand. Antes que o Embankment fosse construído, a Strand acompanhava o rio.


Antigamente, Covent Garden era uma área de ruas e armazéns decadentes, que só ganhava vida após o anoitecer, quando os comerciantes de verduras e frutas abriam seus negócios. Hoje, a área foi compeltamente revitalizada. Visitantes, moradores e artistas de rua lotam a Piazza dia e noite como acontecia há vários séculos.


Depois de conhecer o mercado de Covent Garden, siga em direção ao Victoria Embankment Gardens: mais um (dos tantos) parques que Londres oferece. É pequeno, estreito, mas super bonitinho! Vale a visita. Tem canteiros super bem cuidados, estátuas de cidadãos importantes, inclusive do poeta Robert Burns, e, no verão, é cenário de grandes concertos (tem um palco maravilhoso com cadeiras para a platéia. Ah, e não canso de repetir: prestem atenção na LIMPEZA!




Não deixe de visitar também esses lugares:
(Ruas e Edificios Históricos): Neal Street e Neal´s Yard; Savoy Hotel; Soomerset House; Roman Bath; Bush House; Adelphi; Charing Cross.
(Museus e Galerias): London Transport Museum; Thomas Neal´s; Photographer´s Gallery; Courtauld Institute Galleries.
(Igrejas): St. Paul´s Church; Savoy Chapel; St. Mary-le-Strand.
(Monumentos e Estátuas): Seven Dials; Cleopatra´s Needle.
(Teatros Famosos): Theatre Royal; Royal Opera House; Adelphi Theatre; The London Coliseum
(Pubs Históricos e Restaurantes): Lamb and Flag.

2 comentários:

Pedro Rocco disse...

Boa tarde, tenho acompanhado o Viajadas por indicação de uma amiga. estou com viagem marcada pra Londres em Janeiro. Gostaria de saber indicações de restaurantes, ou opções boas e baratas para alimentação! Att,

Viajadas disse...

Olá Pedro,
Por incrível que pareça, a alimentação mais barata são os lanches rápidos e os fast-food. Vou fazer um post sobre isso! Aguarde!